15/08/2021

POR QUE TANTOS TERREMOTOS NO BRASIL? ENTENDA O MOTIVO DO PAÍS REGISTRAR TREMORES

Terremoto no Brasil? Entenda o motivo do país registrar tremores

Durante muito tempo se acreditou que os terremotos eram ocasionados apenas devido a atividades vulcânicas e ao encontro de placas tectônicas. Como o Brasil não se encaixa em nenhum desses casos, pois está no centro da sul-americana, acreditava-se que o país nunca registraria esse tipo de evento.

No entanto, há registros de tremores de terra no país. Em 2020, a Rede Sismográfica Brasileira, forma por pesquisadores da UFRN, da USP, da UNB e do Observatório Nacional, verificou a ocorrência de 248 tremores no Brasil, com apenas três desses registrando mais de 4 graus na escala Richter. Entre 1900 e 2020, o país teve 2959 terremotos.

“A explicação geral é que há o entendimento de que mesmo no interior das placas, durante o processo de formação geológica, certas zonas que herdaram algumas cicatrizes. Ou seja, são regiões imperfeitas e que às vezes quebram e formam as falhas geológicas”, destaca Aderson Farias do Nascimento, professor e coordenador do LabSis (Laboratório Sismológico) da UFRN (Universidade Federal da Rio Grande do Norte).

O especialista ressalta que as placas observadas na atualidade são resultados de processos de sobreposição que duraram milhões de anos. Como nem sempre há um encaixe perfeito dessas estruturas, são originadas as rachaduras que causam os terremotos no Brasil.

“Não temos muita facilidade para estudar as atividades sísmicas que acontecem no interior das placas, uma vez que as falhas não são tão evidentes como os encontros dessas diferentes estruturas. Esse é um dos fatores que levaram as pessoas a demorarem para acreditar na existência dessas rachaduras e no seu potencial de gerar tremores”, explica.

Clique no link abaixo e veja a matéria completa:

Um comentário:

Unknown disse...

Quando criança morando em Ceará-Mirim aprendi na Escola que a causa dos tremores no RN era o vácuo deixado pela retirada da água e do petróleo em alta profundidade, quando rochas gigantes se desprendiam embaixo da terra.