sábado, 9 de janeiro de 2021

SÉRIE D: PARA DECISÃO CONTRA O AMÉRICA O FLORESTA TERÁ 'FORÇA MÁXIMA'

Floresta terá força máxima para decisão contra o América-RN

Após vencer o jogo de ida das quartas de final da Série D, o Floresta está a um passo de conquistar o tão sonhado acesso à Série C de 2021. A partida decisiva diante do América-RN, pela volta das quartas de final, acontece neste domingo, às 16h, na Arena das Dunas.

FORÇA TOTAL

Sem nenhuma baixa no elenco, o treinador Leston Júnior terá todos os jogadores à disposição para a partida decisiva. Para melhorar ainda mais a situação, o meia Renê volta após cumprir suspensão e vira opção para o duelo deste domingo. Com isso, o comandante do Verdão da Vila deve repetir a escalação do primeiro jogo.

"Não podemos nos apegar apenas aos resultados anteriores. Precisamos olhar para trás e ver o que foi construído, desde a preparação, passando pela montagem do time até o amadurecimento do grupo para chegarmos até aqui. São mais 90 minutos para tentarmos chegar às semifinais e atingirmos o nosso objetivo, que é o acesso. Vamos brigar por essa vaga até o fim", pontuou o treinador.

Assim, o Floresta deve ir à campo com: Douglas Dias; Lito, Willian Goiano, Alisson e Fábio Alves; Jô, Marconi e Luis Soares; Thalison, Flávio Torres e Deysinho.

CENÁRIO

Enquanto os cearenses podem perder por até um gol de diferença, os potiguares precisam vencer por três gols de diferença para avançar às semifinais e garantir o acesso à Série C. Em caso de empate no placar agregado, a decisão será nos pênaltis.

"Não podemos nos apegar apenas aos resultados anteriores. Precisamos olhar para trás e ver o que foi construído, desde a preparação, passando pela montagem do time até o amadurecimento do grupo para chegarmos até aqui. São mais 90 minutos para tentarmos chegar às semifinais e atingirmos o nosso objetivo, que é o acesso. Vamos brigar por essa vaga até o fim", pontuou o treinador.

Assim, o Floresta deve ir à campo com: Douglas Dias; Lito, Willian Goiano, Alisson e Fábio Alves; Jô, Marconi e Luis Soares; Thalison, Flávio Torres e Deysinho.

ge

Nenhum comentário: