domingo, 4 de outubro de 2020

STJ: JANAINA PASCHOAL QUESTIONA INDICAÇÃO DE BOLSONARO

“Os eleitores de Bolsonaro não votaram nele para ter decisões de um Haddad”

Janaina Paschoal disse neste domingo ter lido a dissertação de mestrado de Kassio Nunes Marques, o nome indicado por Jair Bolsonaro para a vaga de Celso de Mello no STF.

Em uma série de publicações no Twitter, a deputada afirmou que não ficou claro para ela o posicionamento do desembargador sobre o aborto, tema caro aos eleitores do presidente.

“O magistrado faz menção a obras de terceiros, mas intriga o fato de tratar de aborto em um trabalho que versa sobre o direito à saúde. Por óbvio, até por ser uma filha da USP, conheço bem a ideia de que aborto é apenas questão de saúde. Muitos juristas respeitáveis defendem essa tese. Porém, não esperava encontrar tal posicionamento em jurista indicado por Presidente eleito como conservador.”

E continua:

“Como eu, a esmagadora maioria dos eleitores de Bolsonaro é contrária à legalização do aborto, defendida pelo PSOL (…).

Não obstante, não estamos falando da atribuição de um título. Estamos falando da aprovação de alguém para decidir os rumos do país nas próximas décadas. Os eleitores de Bolsonaro não votaram nele para ter decisões típicas de um governo Haddad!”


Em resposta a @JanainaDoBrasil
Como Professora da USP, estou acostumada a avaliar teses com as quais não concordo, totalmente ou em parte. Jamais deixei de reconhecer a seriedade de um trabalho em razão de divergências. Reitero, por conseguinte, que o Mestrado em apreço tem qualidade de Doutoramento.
Não obstante, não estamos falando da atribuição de um título. Estamos falando da aprovação de alguém para decidir os rumos do país nas próximas décadas. Os eleitores de Bolsonaro não votaram nele para ter decisões típicas de um governo Haddad!

Nenhum comentário: