sábado, 1 de agosto de 2020

TÁ TUDO DOMINADO: PODE ROUBAR, SE FOR 'VEI' MELHOR AINDA!

Toffoli concede prisão domiciliar a conselheiro do TCE-MT que jogou R$ 500 mil em cheques no lixo em tentativa de fuga

O ministro do STF Dias Toffoli converteu a prisão preventiva do conselheiro do TCE de Mato Grosso Waldir Teis em domiciliar.

Em sua decisão, o presidente do STF acatou os argumentos da defesa, que apontou idade avançada do conselheiro e uma série de comorbidades.

Teis, de 66 anos, foi preso em 1º de julho, após ser flagrado fugindo pela escadaria do seu escritório em Cuiabá.

Ele é investigado na Operação Ararath, que apura crimes de corrupção, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e organização criminosa por conselheiros do TCE-MT.

Em junho deste ano, câmeras de segurança gravaram o momento em que o conselheiro desce correndo 16 andares de um prédio para tentar se livrar de cheques no valor de quase R$ 500 mil quando foi abordado por um agente da Polícia Federal.

Nenhum comentário: