terça-feira, 14 de janeiro de 2020

RN: SUPOSTA INJÚRIA RACIAL CONTRA WALLYSON SERÁ INVESTIGADA PELA JUSTIÇA DESPORTIVA

Justiça Desportiva vai investigar suposta injúria racial contra Wallyson

O Tribunal de Justiça Desportiva vai investigar o caso de injúria racial contra Wallyson, atacante do ABC, durante a partida entre o Alvinegro e o Força e Luz, na última quinta-feira, 9. Na ocasião, o goleiro do time elétrico, Ferreira, teria chamado Wallyson de “macaco”.

De acordo com a assessoria do ABC, o clube não se pronunciou devido o TJD já ter adiantado as ações. Outro ponto que fez com que o Alvinegro não se manifestasse foram as informações de que a situação poderia ter sido um mal entendido. Há informações de que goleiro possa ter chamado Wallyson de “mau caráter” e o atacante tenha ouvido errado.

Outra informação que implicou na decisão do ABC é que um atleta do Força e Luz teria ouvido o atacante alvinegro também chamar o goleiro de “macaco”. Por isto, o time preferiu deixar a situação sob responsabilidade de investigação do Tribunal.
Após as investigações da procuradoria do TJD é que será definido se o caso de injúria foi real e se o goleiro sofrerá alguma punição. A pena ficará por conta da decisão final do órgão.

O caso

Durante a partida entre ABC e Força e Luz, válida pela segunda rodada do Campeonato Potiguar, em que o Alvinegro venceu por 4 a 2, Wallyson teria ouvido Ferreira o chamar de “macaco”. Após um de seus gols feitos, o atacante imitou o animal na frente do goleiro.

Após o jogo, Wallyson desabafou nas redes sociais do fotógrafo Luciano Marcos, confirmando que foi ofendido e que não disse nada com o goleiro. No vídeo, o atleta ainda diz entender que o jogador estava de cabeça quente, mas repudiou o ato.

“Infelizmente, é uma coisa que ainda acontece. O ABC vai ver isso aí, é coisa séria. Temos que saber perder e ganhar. Sei que estava de cabeça quente, mas em nenhum momento eu ofendi ele. Ele infelizmente me chamou desse nome que é muito feio. Temos que ser profissionais independente de qualquer adversário”, desabafou.

Nenhum comentário: