quarta-feira, 13 de março de 2019

EM 2019 BRICS FICARÁ SOBRE PRESIDÊNCIA DO BRASIL

Sob Bolsonaro, Brasil assume presidência do Brics

Presidente Jair BolsonaroSob a presidência de Jair Bolsonaro, e com a coordenação do chanceler Ernesto Araújo, o Brasil exerce durante o ano de 2019 a presidência rotativa do bloco político de cooperação designado BRICS, que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A primeira reunião sob a presidência rotativa brasileira começa nesta quarta, 13 e termina na sexta, 15, em Curitiba, no Paraná, é de nível ministerial (“sherpas”, como são designados os vice-ministros encarregados do bloco em cada um dos países participantes).

A presidência do Brics põe em cheque alas do governo Bolsonaro críticas à China e às relações comerciais com aquele país. O presidente, no entanto, tem sinalizado na direção da aproximação com os chineses.

Segundo nota distribuída pelo Itamaraty, os eventos dos Brics a serem coordenados pelo Brasil serão cerca de 100, incluindo reuniões, foros, grupos de trabalho e debates sobre temas que vão de cooperação financeira a saúde e segurança.

Para se ter uma ideia do peso econômico das relações do Brasil com os países do bloco, segundo o governo, os outros quatro integrantes do BRICS foram destino de 30,7% das exportações brasileiras em 2018, totalizando mais de US$ 73 bilhões.

R7

Nenhum comentário: