sexta-feira, 11 de setembro de 2020

FUX É A ESPERANÇA DE DIAS MELHORES - POR ALEXANDRE GARCIA

Hoje é 11 de setembro, o aniversário do ataque às torres gêmeas nos EUA. Eu me recordo que nesse dia eu fazia uma palestra no centro de convenções, em Belo Horizonte, e alguém me entregou um bilhete dizendo que eu poderia anunciar a tragédia.

Eu pensei que aquilo era parte do evento, um sorteio ou algo que seria anunciado depois da minha palestra e foi nesse tom que eu anunciei. Logo em seguida, mandaram outro bilhete avisando que o ataque era real.

Cheguei a dizer que se aquilo fosse verdade, seria um novo tipo de guerra. Ela seria mais suja que as outras, uma guerra em que minorias iriam atacar indiscriminadamente a população para tentar impor ideias ou medo.

O medo é capaz de controlar as pessoas. Eu vi isso quando Buenos Aires, na Argentina, era atacada por guerrilheiros de extrema-esquerda. Era o medo que fazia as pessoas obedecerem. Mesmo depois de tantos anos, impor medo para dominar é algo que ainda está na moda.

Nenhum comentário: