sábado, 22 de agosto de 2020

INSS PODERÁ VOLTAR ATENDIMENTO NO MÊS DE SETEMBRO

Atendimento no INSS poderá ser retomado em setembro

O atendimento presencial nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderá ser retomado no dia 14 de setembro, segundo informação do órgão previdenciário divulgada nesta sexta-feira (21). A reabertura das unidades estava prevista para ocorrer na próxima segunda-feira (24), mas foi adiada. Esta é a sétima vez que o órgão anuncia o adiamento da retomada das atividades presencias em decorrência da gravidade da pandemia de Covid-19.

Com isso, o atendimento segue de forma remota, exclusivamente pelo telefone, na Central 135, ou pelo portal Meu INSS e aplicativo para celular, até ao menos o dia 11 de setembro. No dia 14, é esperada a reabertura das unidades.

Em nota, o instituto afirma que a decisão foi tomada de forma conjunta com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, e diz ainda que o funcionamento ocorrerá de forma gradual. Com isso, não haverá 100% da capacidade de atendimento presencial, como antes da pandemia.

– A reabertura gradual e segura irá considerar as especificidades de cada uma das agências da Previdência Social no país. Cada unidade deverá avaliar o perfil do quadro de servidores e contratados, o volume de atendimentos realizados, a organização do espaço físico, as medidas de limpeza e os equipamentos de proteção individual e coletiva.

Enquanto aguarda, o segurado tem, além do telefone e da internet, a opção de atendimento pelo sistema drive-thru, no qual é possível entregar cópias de documentos em urnas colocadas na frente das agências em todo o país. Veja as regras para a entrega aqui.

PERÍCIAS MÉDICAS

O cidadão que está doente e precisa fazer uma perícia médica terá de esperar mais um pouco. Isso porque esse serviço é um dos que mais podem ocasionar contaminação por coronavírus. Neste momento, quem tem o atestado médico consegue o adiantamento do benefício ao enviá-lo pela internet ou pelo aplicativo.

O cidadão receberá um salário mínimo, de R$ 1.045 neste ano, por três meses ou enquanto não passar por perícia. Ao ocorrer a reabertura, o segurado doente será avaliado pelo perito médico e terá direito de receber as diferenças, caso o benefício seja maior.

PROVA DE VIDA

A prova de vida do INSS está suspensa para os aposentados e pensionistas até o dia 30 de setembro. No entanto, a regra não vale para quem estava com o benefício suspenso em março deste ano. Neste caso, o cidadão terá de ir ao banco onde recebe a grana.

Além disso, desde quinta-feira (20), o instituto começou um projeto de prova de vida via foto de celular, que vai atingir 500 mil segurados.

*Folhapress

Nenhum comentário: