terça-feira, 4 de agosto de 2020

COVID-19: QUAL A COR DE CEARÁ-MIRIM?

RN tem 63 municípios com taxa de transmissão da Covid-19 na 'zona de perigo'

Taxa de transmissibilidade em 63 municípios do RN é perigosa — Foto: Reprodução/Lais
No Rio Grande do Norte, depois de muitos dias com queda no número de óbitos, a Secretaria Estadual de Saúde fez um alerta para o risco de uma nova onda da Covid-19 já que a taxa de transmissibilidade está acima de 2 em quase metade das cidades. Na região metropolitana de Natal, tem município com taxa em 5.

Em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, um infectado tem potencial para transmitir o vírus para 5 pessoas. No dia 20 de julho a taxa era de 0.78. O ideal, segundo a Sesap, é que fique abaixo de 1.

Em relação à transmissão da Covid-19, o RN tem 24 municípios em zona segura, quando a taxa de transmissão é menor de 1; dois municípios em zona neutra, com taxa entre 1 e 1,03; 78 municípios em risco, com taxa entre 1,03 e 2; e 63 em zona de perigo, quando a taxa de transmissão é maior que 2.

De acordo com o cientista Ricardo Valentim, membro do Comitê Científico do Estado, a alta taxa de transmissão na cidade pode ser explicada por três motivos: a reabertura precoce do comércio, as aglomerações em filas, em agências bancárias, por exemplo, e o grande fluxo de pessoas no Aeroporto Internacional do estado, que fica em São Gonçalo do Amarante.

“Nós temos um aeroporto que recebe voos internacionais e nacionais, que recebe um fluxo de passageiros de outros lugares com taxas mais altas, e no aeroporto não há barreira sanitária. Essa é uma outra possibilidade que pode estar interferindo no município e no entorno também”, disse.

Em nota, a Inframerica informou que o Aeroporto de Natal não recebe voos internacionais desde o dia 19 de março, que não há data para o retorno dessas operações e que a movimentação doméstica teve uma redução de cerca de 90% no fluxo de passageiros no período da pandemia. A nota diz ainda que a Inframérica “implantou medidas sanitárias para que os passageiros possam viajar com tranquilidade”.

A Secretaria de Saúde da cidade disse que vai aumentar a testagem. “A prefeitura de São Gonçalo está abrindo um centro de coleta Covid onde vamos fazer a testagem de 20% da população. Além disso, a prefeitura abriu no Hospital Belarmina Monte 10 leitos de UTI e 10 leitos clínicos Covid”.

Desde o dia 11 de julho, a média móvel de mortes no Rio Grande do Norte apresentava queda.

Mas, a partir de primeiro de agosto, os números começaram a subir de novo e agora estão dentro da margem de estabilidade.

Mesmo com o número de mortes voltando a subir, a reabertura da economia continua. Nesta tera (4), na capital, as academias estão autorizadas a reabrir e as praças de alimentação dos shoppings, que já estavam funcionando com número reduzido de clientes, agora podem operar com 50% da capacidade.

A Vigilância Epidemiológica do RN colocou 63 cidades do estado em zona de perigo em relação a transmissibilidade- o grau máximo de alerta no estado.

G1

Nenhum comentário: