terça-feira, 7 de julho de 2020

COORDENADOR DA LAVA JATO EM CURITIBA DIZ QUE MINISTÉRIO FOI 'EQUÍVOCO' DE MORO

Para Deltan, Moro cometeu "equívoco" ao aceitar ministério de Bolsonaro

Para Deltan, Moro cometeu “equívoco” ao aceitar ministério de Bolsonaro
Deltan Dallagnol afirmou hoje, em entrevista a Josias de Souza, que a entrada de Sergio Moro no governo de Jair Bolsonaro foi um “equívoco”.

“Considerando o privilégio de visão retrospectiva, considerando o muito que aconteceu, eu entendo que foi um equívoco”, afirmou o coordenador da Lava Jato em Curitiba.

“Acabou sendo ruim, no sentido de que não foi possível gerar as mudanças que podia gerar.”

Nenhum comentário: