sexta-feira, 15 de maio de 2020

RN: COVID-19 - AUMENTAM AS RESTRIÇÕES DO ISOLAMENTO SOCIAL EM CIDADES DO INTERIOR

Cidades do interior do RN aumentam restrições do isolamento social contra a Covid-19

Cidades do interior do RN aumentam restrições do isolamento social contra a Covid-19 — Foto: Arte
Cidades do interior do RN aumentam
restrições do isolamento social contra
a Covid-19
As cidades de Baraúna e Apodi, no Oeste potiguar, aumentaram as restrições de isolamento contra a Covid-19 e Areia Branca, na região Costa Branca, intensificou a fiscalização do cumprimento das medidas determinadas pela prefeitura.

Em Baraúna, a prefeitura publicou um decreto em que determina o confinamento domiciliar de pessoas que se enquadram em grupos de risco, entre elas idosos e doentes crônicos com problemas respiratórios. Segundo o decreto, essas pessoas só devem sair de casa em situações essenciais, como buscar atendimento médico e ir ao trabalho.

A determinação vale até o dia 31 de maio. Equipes da Secretaria de Saúde De Baraúna e da polícia vão fiscalizar. Para quem descumprir a medida, a multa é de R$ 85. Serviços essenciais, como supermercados e farmácias, continuam funcionando. Baraúna tem 14 casos confirmados do novo coronavírus e uma morte causada pela Covid-19. Na manhã desta sexta-feira (15), a polícia esteve nas ruas da cidade para começar a fiscalização.

O município de Apodi endureceu as medidas de isolamento social. O novo decreto publicado nesta sexta (15), com validade até o dia 25 de maio, proíbe aglomerações em ruas, calçadas, praças e atividades em quadras de esporte e academias ao ar livre. A determinação diz que a população também deve evitar corridas e caminhadas em locais públicos. A feira livre, o mercado público e o comércio ambulante também estão com funcionamentos suspensos.

Em Areia Branca, a fiscalização foi intensificada. Equipes da guarda municipal, Polícia Militar e Vigilância Sanitária percorreram as ruas do Centro para fiscalizar o comércio. Os estabelecimento considerados não essenciais que estavam abertos foram notificados. Houve protestos.

Os serviços essenciais também foram vistoriados na cidade. O objetivo é saber se as medidas de segurança estão sendo tomadas, como a limitação de clientes e o uso obrigatório de máscaras e álcool em gel. Segundo a prefeitura da cidade, a ação foi realizada por causa do número crescentes de casos de coronavírus: são 77 casos confirmados e 6 óbitos em Areia Branca.

G1

Nenhum comentário: