terça-feira, 19 de maio de 2020

DINHEIRO PÚBLICO PAGOU ADVOGADOS DE WEINTRAUB (MINISTRO DE EDUCAÇÃO)

Weintraub usou assessores do MEC como seus advogados

Weintraub usou assessores do MEC como seus advogados
Dois assessores do MEC atuaram como advogados do ministro Abraham Weintraub em ações de interesse privado na Justiça, relata O Globo.

Nomeados como assessores especiais de Weintraub entre abril e maio de 2019, os advogados Auro Hadano Tanaka e Victor Sarfatis Metta representaram o ministro em ações por danos morais e difamação, movidas por ele.

Advogados ouvidos pelo jornal carioca afirmam que o caso pode configurar improbidade administrativa, pelo uso de servidores públicos para fins pessoais.

Em resposta, o MEC negou irregularidades –afirmou que os honorários dos advogados foram pagos por Weintraub, sem uso de recursos públicos, e que o regime de contratação dos assessores (dedicação integral, e não exclusividade) permite que eles atuem na defesa da pessoa física do ministro.

Nenhum comentário: