segunda-feira, 4 de novembro de 2019

SENADO: ZENAIDE MAIA ENTRE OS MAIS GASTADORES

Dez senadores respondem por 58,7% dos gastos com divulgação

Foto: Marcos Oliveira/Agência SenadoDez senadores foram responsáveis por 58,7% dos gastos com divulgação da atividade parlamentar até a segunda semana de outubro em 2019, segundo levantamento do (M)dados, núcleo de análise de grandes quantidades de informação do Metrópoles, no Portal de Transparência do Senado. Três deles, inclusive, bateram os R$ 100 mil em gastos do tipo: Zenaide Maia (Pros-RN), Vital do Rêgo (PSB-PB) e Mailza Gomes (PP-AC).

Os três gastaram, somados, R$ 390 mil. Com os outros sete que encabeçam a lista, o valor chega a R$ 863,8 mil, o que representa 58,7% do montante total desembolsado pelo Senado até agora no ano, de R$ 1,47 milhão.

Campeã da lista, Zenaide (foto em destaque) gastou, em média, R$ 17,5 mil mensais com divulgação – no cômputo geral, o valor foi de R$ 157,5 mil. Quem mais recebeu pelo serviço foi a G7 Consultoria e Assessoria de Comunicação, que embolsou R$ 56 mil da verba indenizatória da senadora.

Em seguida aparecem Vital do Rêgo, que despendeu R$ 121,2 mil totais, e Mailza Gomes, que gastou R$ 111,4 mil. Dos três que encabeçam a lista, Zenaide é quem mais divulgou notas fiscais dos serviços que contratou – apenas um gasto, com a Rádio Difusora de Mossoró, de R$ 2 mil, não tem o documento. A maioria dos gastos de Vital também é acompanhado do comprovante. Maílza só começou a anexar notas em junho.

A questão das notas fiscais causa polêmica no Senado: desde que assumiu, o presidente Davi Alcolumbre (DEM-AP) tem dado aos próprios parlamentares a prerrogativa de divulgar ou não a documentação que comprova e discrimina os serviços – pagos com dinheiro público.

metropoles

Nenhum comentário: