quarta-feira, 6 de novembro de 2019

RN: ASSEMBLEIA - DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE SÃO DEBATIDOS EM AUDIÊNCIA PÚBLICA

No intuito de assegurar os direitos da criança e do adolescente no âmbito das políticas estaduais, o deputado Hermano Morais, presidente da Frente Parlamentar Estadual em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, propôs uma audiência pública com o tema Plano Decenal dos Direitos Humanos da Criança e Adolescentes do Rio Grande do Norte, que será realizada nesta quinta-feira (07), às 14h, no auditório Deputado Cortez Pereira, na sede da Assembleia Legislativa.

De acordo com o deputado, na ocasião, o Plano Decenal dos Direitos Humanos da Criança e do Adolescente (PDDHCA), que vigora desde 2017, será debatido com o objetivo de avaliar as ações desenvolvidas nos últimos anos e propor novas medidas que preconizem a implementação de políticas públicas voltadas para a garantia desses direitos no Estado do Rio Grande do Norte.

“Assim como denunciar violações e mobilizar a sociedade em prol deste segmento, precisamos debater e buscar soluções acerca dos principais desafios no cenário atual, com vistas a qualificar a política da criança e do adolescente e, por conseguinte, avançar na garantia de direitos e construir uma sociedade mais justa”, destaca o Deputado Hermano Morais.

“Apesar das dificuldades para atender plenamente à causa, neste ano, com a retomada da Frente Parlamentar Estadual em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, a criação de uma agenda de trabalho que conduz para a defesa e proteção desse grupo já foi um grande avanço. A expectativa é somar esforços para estabelecer metas e prioridades que norteiem a política da infância e adolescência no RN”, completou.

Entidades que trabalham e discutem a temática também deve estar presentes na Audiência Pública: representantes das secretarias municipal e estadual de Educação e Saúde, membros da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, FUNDASE – Fundação de Atendimento sócio educativo no RN, CAOP Infância, Aldeias Infantis SOS, dentre outras instituições.

Assecom

Nenhum comentário: