quarta-feira, 6 de novembro de 2019

FATO



É claro e evidente que a Polícia Federal e o Ministério Público não fazem operações em prefeituras ou qualquer outro órgão público de maneira aleatória, as operações só acontecem porque exitem subsídios suficientes para que elas aconteçam.

Também é claro e evidente que os acusados tem todo direito de negarem as acusações, porém só depois que as informações colhidas e averiguadas anteriormente forem confrontadas com o vasto número de documentos e material apreendido na operação é que surgirão os nomes dos possíveis culpados pelos crimes que possivelmente serão imputados pelas autoridades competentes.

Isto é FATO!

Um comentário:

Joselito disse...

Nossos fiscais do povo estão comprometidos até o pescoço com o poder executivo, é aí que começa essa ciranda de malfeitos e desvios, até quando vamos ter vereadores omissos e teleguiados pelo poder???