domingo, 6 de outubro de 2019

BOLSONARO CHAMA LUCIANO HUCK DE 'PAU MANDADO DA GLOBO'

Povo não vota em 'pau mandado' da Globo, diz Bolsonaro sobre Huck

Povo não vota em 'pau mandado' da Globo, diz Bolsonaro sobre HuckAo comentar eventual candidatura ao Planalto do apresentador Luciano Huck, o presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (5) que o povo não vai votar em "pau mandado da Globo".

Em transmissão pela internet para a abertura do 3º Simpósio Nacional Conservador, Bolsonaro disse que não tem nada contra a candidatura, mas voltou a mencionar empréstimo feito pelo apresentador com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para a compra de um jatinho.

"Aí alguém acha que o povo vai votar em um pau mandado da Globo, não vai. Mas não estamos aqui fazendo campanha, ele tem o direito de ser candidato", disse.

O presidente voltou a comentar afirmação feita por Huck em agosto de que Bolsonaro era "o último capítulo do que não deu certo". "Luciano Huck diz que eu sou o último capítulo do caos, porque ele é candidato a presidente, já se anuncia. Não tenho nada contra isso, mas eu, logicamente, quando ele falou isso, fui ver as suas atividades no BNDES", afirmou.Em 2013, Huck usou um empréstimo de R$ 17,7 milhões do BNDES para comprar um jatinho particular da Embraer.

O financiamento, do programa BNDES Finame (Financiamento de Máquinas e Equipamentos), teve como beneficiária a Brisair Serviços Técnicos e Aeronáuticos Ltda., da qual Luciano e Angelica Huck são sócios, e o Itaú como instituição financeira intermediária.

Os juros do empréstimo, datado de 29 de maio de 2013, foram de 3% ao ano, com 114 meses de amortização para o pagamento.

A assessoria de Luciano Huck disse que "o Finame é um programa do BNDES de incentivo à indústria nacional, por isso financia os aviões da Embraer".

Afirma também que Huck usa o avião duas vezes por semana para gravar seu programa para a TV Globo.

folhapress

Nenhum comentário: