segunda-feira, 12 de agosto de 2019

RN: CHUVA DE METEOROS NA MADRUGADA DESTA TERÇA-FEIRA (12)

Chuva de meteoros poderá ser vista no RN na madrugada desta terça

Professor José Dias
Durante a madrugada desta terça-feira, 13, a chuva de meteoros da Constelação de Perseu, as Perseidas, poderá ser vista no céu do Rio Grande do Norte. Além do RN, demais estados do Nordeste e Norte poderão se beneficiar da proximidade com a Linha do Equador para uma melhor observação do fenômeno. A expectativa é que a maior incidência da chuva de meteoros seja registrada após as 23h de hoje.

De acordo com o astrofísico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, professor José Dias, apesar de instrumentos serem utilizados para a observação, o fenômeno é melhor visto a olho nu. O professor explica que sem o auxílio de binóculos e lunetas, o observador amplia seu campo de visão e consegue ver o rastro dos meteoros, as conhecidas estrelas cadentes. O especialista aponta que locais com menor iluminação são ideais para uma melhor experiência do fenômeno. 

"Áreas interioranas são ideais para a observação. Em Natal, a orla é o melhor local para que se acompanhe a chuva de meteoros", aponta o especialista. 
A chuva de meteoros da Perseidas é visível anualmente já a partir de meados de julho e tem sua maior atividade entre os dias 8 e 14 de agosto. O pico será registrado justamente na madrugada dessa terça-feira. O fenômeno surge quando a Terra atravessa fragmentos de areia e poeira deixados pelo cometa 109P/Swift Tuttle, formando os meteoros que, quando chocados com a atmosfera, se desintegram e iluminam o céu. É esperado entre 20 a 30 meteoros por hora. 

De acordo com o especialista, o que pode atrapalhar a observação é o mau tempo. O professor explica que as nuvens carregadas ficam próximo à superfície da Terra, o que faz com que o fenômeno acontece acima delas. No entanto, de acordo com o site de meteorologia Clima Tempo, a noite desta segunda e madrugada desta terça terá tempo aberto, sem prejuízos para a visualização da chuva de meteoros.

Fenômenos

Meteoros RN
Para localizar a constelação de Perseu
basta identificar inicialmente a constelação
de Órion, onde ficam as Três Marias.
Ao localizá-las, o observador deve seguir
o olhar em direção ao o norte,
onde está a constelação de Touro e,
ao lado, a de Perseu.
A chuva desta madrugada é uma das muitas que ocorrem ao longo do ano e que podem ser vistas a olho nu. Em maio, por exemplo, foi a vez da chuva a Eta Aquariid, ou Eta Aquáridas, que foi visível em todo o Brasil . As Aurigids terá sua atividade máxima dia 1º de setembro. Embora um pouco baixa para as latitudes do Sul, vale a pena a conferida, aproveitando a fase da Lua Nova.O período que vai de outubro a dezembro apresenta a maior concentração de chuvas com intensidade relevante. Serão oito no total, com destaque para as Orionids, Leonids e Geminds, respectivamente.

Nenhum comentário: