domingo, 14 de julho de 2019

RN: GREVE - QUARTA (17) ÔNIBUS INTERMUNICIPAL VAI PARAR

Assembleia define indicativo de greve da rede intermunicipal para quarta

Assembleia dos rodoviáriosOs motoristas de transporte intermunicipal de Natal votaram, na manhã deste sábado (13), a favor de um indicativo de greve, a partir da quarta-feira (17). A categoria, que se reuniu em assembleia no Sindicato dos Rodoviários, reclama da mudança no cálculo da comissão de 2,5% paga pelas empresas aos motoristas que também exercem a função de cobrador. A gratificação deixaria de ser calculada sobre todas as passagens (em cartão e espécie) para ser aplicada somente sobre as passagens pagas em dinheiro, o que significa, segundo o sindicato, uma redução substancial nos vencimentos dos profissionais.

O presidente Sindicato das Empresas de Transporte (Setrans), Eudo Laranjeiras Costa, defendeu que a gratificação deve ser paga somente para os motoristas que recebem passagens de transporte em dinheiro. “É simples de entender. O motorista recebe comissão pelo que cobra, o que recebe em dinheiro ganha comissão. Só que eles querem ganhar trabalhando e não trabalhando”, explicou. 

O presidente do Setrans disse que recebeu com “estranheza” a informação sobre a greve, porque nesta segunda-feira (15), está marcada uma audiência de conciliação na Justiça do Trabalho, às 12h. “O que está ocorrendo é uma briga dentro do sindicato, articulada pela oposição. O sindicato não deveria radicalizar dessa forma”, disse Laranjeiras. 

O presidente do Sintro/RN, Júnior Rodoviário, reclamou que os empresários deixaram comissão apenas para os pagamentos que são feitos em espécie, que atualmente giram em torno de 30% do total de passagens. Os outros 70% são feitos por meio de vale transporte. “Aprovamos o indicativo de greve pelo descumprimento da convenção coletiva, que prevê o pagamento da comissão para todos”, explicou o presidente. 

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte, atualmente 12 empresas fazem o transporte intermunicipal, feito por aproximadamente 1.200 trabalhadores. Um dos exemplos de transporte intermunicipal são os que levam passageiros de Natal para Nova Parnamirim, em Parnamrim. “Queremos que voltem a pagar como era antes”, frisou Júnior Rodoviário. 

Paralisações 

A categoria fez sua primeira paralisação de alerta na última quinta-feira (11), quando motoristas da rede intermunicipal de transportes se reuniram em frente à sede do Sintro-RN. Na ocasião, a direção do sindicato comunicou que faria a assembleia neste sábado para a votação do indicativo de greve que acabou sendo aprovado nesse sábado. 

Os motoristas estiveram reunidos por cerca de uma hora e retornaram às atividades logo em seguida. No dia seguinte, nova paralisação. Entre as 4h e 6h, os ônibus intermunicipais não saíram das garagens também em sinal de protesto. 

TN

Nenhum comentário: