segunda-feira, 13 de maio de 2019

RN: PCs FECHAM DELEGACIAS PARA FAZER MANIFESTAÇÃO - PREVIDÊNCIA

Policiais fazem manifestação e delegacias são fechadas

Policiais fizeram manifestação na avenida Rio Branco
Policiais Civis do Rio Grande do Norte fizeram paralisação nesta segunda-feira (13), em protesto contra a reforma da Previdência. O movimento é organizado pela União dos Policiais do Brasil (UPB), sendo composto por confederações, federações e sindicatos de vários estados. Delegacias foram fechadas e parte dos serviços ficou suspensa.
 
O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol), Nilton Arruda, disse que a UPB tem encampado uma luta em Brasília para garantir direitos da categoria que poderão ser modificados caso a Reforma seja aprovada nos termos atuais. 

"A atual proposta de reforma da Previdência vai afetar todos esses pontos, trazendo grandes prejuízos para os policiais. Por isso, houve esse movimento de união em todo o Brasil para lutarmos contra a retirada de direitos e retrocessos na legislação. Há várias semanas estamos fazendo um trabalho de corpo a corpo junto aos parlamentares do Rio Grande do Norte, inclusive, estivemos em Brasília durante uma semana, para ressaltar a necessidade das peculiaridades da atividade policial serem levadas em conta", explica Nilton Arruda.

De acordo com Nilton Arruda, a UPB tem encampado uma luta em Brasília para garantir a manutenção da atividade de risco policial na Constituição; a integralidade e paridade em razão do exercício de atividades de risco para todos os policiais; regras de transição justas; diferenciação entre homens e mulheres na idade e tempo de contribuição; e pensão integral por morte em serviço ou em razão dele.

Além dos atos de rua, o Sinpol também afirmou que fará um seminário sobre a reforma da Previdência com palestras do presidente do IPERN, Nereu Linhares, e do auditor fiscal Arnaldo Fiuza, que é representante da Frente Potiguar em Defesa da Previdência.

Durante a manifestação, parte da avenida Rio Branco ficou bloqueada, com a caminhada dos policiais. Além disso, algumas delegacias ficaram fechadas, mas as duas delegacias de Plantão de Natal funcionarão por 24 horas. O Sinpol não informou quais as delegacias que estão sem funcionar, mas a maior parte das especializadas e algumas distritais, como 2ª, 7ª e 11ª estão fechadas.

TN

Nenhum comentário: