sexta-feira, 31 de maio de 2019

REFORMA DA PREVIDÊNCIA TEM 'PITACO' DE MICHELLE BOLSONARO

Bolsonaro quer que Congresso atenda pedido da primeira-dama sobre pensão de deficientes

Aa primeira-dama Michele Bolsonaro Pediu ao presidente que suspenda mudança na pensão de deficientes prevista na reforma da Previdência Foto: Mauro Vieira/Ascom/Ministério da CidadaniaO presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta sexta-feira que seja retirado da proposta de reforma da Previdência um item que prevê que deficientes físicos com grau grave ou moderado e deficientes intelectuais de qualquer grau deixem de receber o benefício integral de pensão em caso da morte dos pais. A mudança no texto é um pedido da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Hoje, todos os deficientes, independentemente da gravidade da deficiência, têm direito ao benefício integral. O texto da reforma, em tramitação na comissão especial da Câmara, enquadra todos os deficientes na nova regra que prevê o pagamento de apenas 50% do valor da pensão por morte, mais 10% por dependente. Se o pedido de Michelle for atendido, apenas os deficientes físicos leves serão enquadrados na nova norma.

Nenhum comentário: