terça-feira, 14 de maio de 2019

AUDITORA FISCAL NA VENEZUELA TRABALHA DE GARÇONETE EM NATAL

'Minha vida vai ser aqui', diz auditora fiscal venezuelana que virou garçonete no Brasil

Jackeline Rivero era auditora fiscal na Venezuela e atualmente trabalha como garçonete em Natal — Foto: Reprodução/Inter TV CabugiJackeline Rivero era auditora fiscal na Venezuela e trabalhava em San Juan de Los Morros, distante cerca de duas horas de Caracas. Há cerca de um ano, ela buscou uma vida fora de seu país. Foi para Lima, no Peru, e há seis meses está no Brasil, onde trabalha como garçonete, em um restaurante de Natal.

Diante do quadro de fome que via em seu país, ela conta que buscou fugir da situação, mesmo tendo que mudar completamente o estilo de vida. Antes, ela conta, gastava o equivalente a R$ 800 diários com alimentação. Atualmente, vive com um salário mínimo.

A venezuelana conta que foi sincera, ao ser entrevistada para a vaga de emprego. "Eu disse que nunca servi ninguém, só em casa. Fui aprendendo. Às vezes, era engraçado, quase deixava cair as coisas nas pessoas. Acredito que de agora em diante minha vida vai ser aqui", diz ela.

Nenhum comentário: