sábado, 20 de abril de 2019

RN: SEIS REGISTROS DE MORTES NESTA SEMANA SANTA

Semana Santa tem seis registros de homicídios até o sábado

Resultado de imagem para Semana Santa tem seis registros de homicídios até o sábadoA Operação Semana Santa termina na noite deste domingo (21), mas pelos dados do Observatório da Violência Intencional no Rio Grande do Norte (Obvio-RN) e da Coordenadoria de Informações e Estatísticas (Coine), a tendência é de redução do número de homicídios neste feriadão. Até o fim desta manhã de sábado (20), segundo levantamento do Obvio, ocorreram seis homicídios em Natal e no interior do Estado.

Segundo o Obvio, na Semana Santa do ano passado ocorreram 17 homícidios, número já inferior ao mesmo período de 2017, quando ocorreram 30 assassinados no Rio Grande do Note, enquanto em 2016 foram 29 e em 2015, ocorreram 23 homicídios durante a Semana Santa.

De acordo com o Obvio, dos seis homicídios ocorridos nesta Semana Santa, quatro foram registrados na quinta-feira (18), um na sexta-feira (19) e um neste sábado (20). Desses homicídios, três ocorreram em Natal, um em Mossoró, outro em Parnamirim e um em Portalegre.

A vítima de homicídio de ontem foi Anderson Naftaly Silva Gadelha, conhecido como “Costelinha”, que foi morto a tiros no conjunto Panatis II, bairro Potengi em Natal. “Costelinha” cumpria pena no regime semiaberto há 20 dias e estava em casa, na noite do dia 19, com a mulher e quatro crianças, que se esconderam. 

Já o crime deste sábado ocorreu no sítio Sobradinho, zona rural do município de Portalegre, na região Oeste do Estado.

Uma das das quatro vítimas de homicídio na Região Metropolitana de Natal (RMN) na semana passada, tem como vítima uma das testemunhas no caso da morte do empresário do setor hoteleiro Ademar Miranda Neto: Luan Anderson Olinto da Silva, 24 anos, jantava em casa, na rua Barbados, em Nova Esperança, Parnamirim, ocasião em que foi surpreendido por dois homens que entraram em sua residência.

Nenhum comentário: