domingo, 10 de janeiro de 2021

CUIABÁ: JESUS - QUE INÍCIO DE ANO PARA VITOR JOSÉ DA SILVA

Homem mata a esposa acidentalmente e vê amigo ser morto em seu lugar

Um homem de 23 anos tem vivido dias de terror na cidade de Sorriso (400 km de Cuiabá). Ele se viu em duas cenas de morte em dois dias seguidos: a de sua esposa, Angélica Aparecida Gaio, 30 anos, e a de seu amigo Vitor Jesus da Silva Flores, 20 anos. À polícia, ele disse acreditar que o amigo tenha morrido em seu lugar.

Primeira morte

A história começou por volta das 19h15 dessa sexta-feira (8), quando Angélica foi atingida no rosto por um tiro de espingarda de pressão disparado pelo marido, Abner Elias da Conceição Saler.

O caso aconteceu em uma pensão no Bairro Jardim Bela Vista, em Sorriso, onde Abner Elias iria prestar um serviço de marcenaria.

Ele teria visto a arma de pressão, do tipo espingarda, e mexido nela. Em um dos movimentos, a arma teria disparado e atingido Angélica acidentalmente.

Ele mesmo levou a esposa no Hospital Regional de Sorriso, afirmando que o tiro foi acidental. Abner foi encontrado pela polícia transtornado pela morte da esposa.

Ele foi preso, mas pagou a fiança e deixou a cadeia.
Segunda morte

Após deixar a prisão, Abner foi para a casa do amigo Vitor, que trabalhava com ele e com Angélica em um mercado de Sorriso.

Assim que saiu, ele soube que pessoas faccionadas o teriam ameaçado de morte como vingança pela morte de sua esposa, mas, ainda assim, ele foi para a casa do amigo.

Abner passou boa parte da tarde dormindo e, por volta das 19h20, acordou com barulhos de tiros. Ele se levantou, sentiu cheiro de pólvora e foi até a sala da casa chamando por Vitor.

O jovem foi encontrado deitado no sofá com diversas manchas de sangue, mas ainda respirando. Vizinhos acionaram o Corpo de Bombeiros, mas a equipe apenas pôde constatar o óbito de Vitor.

As polícias Militar e Civil foram acionadas, estiveram no local e ouviram Abner, que disse não ter visto os suspeitos, mas que acreditava que tenham matado Vitor achando que era ele, pois sua motocicleta estava estacionada na porta da casa e ele tinha sido ameaçado de que iriam vingar a morte de sua esposa.

Ele disse, ainda, que o irmão de sua esposa, morador de Sinop (500 km de Cuiabá), era de alta periculosidade e estava em Sorriso por causa da morte da irmã.

Os vizinhos disseram que os suspeitos fugiram em uma motocicleta em alta velocidade.

Os casos são investigados pela Polícia Civil.

O Livre

Nenhum comentário: