sábado, 3 de outubro de 2020

STF: BOLSONARO NOMEIA CIDADÃO DE 'IDEOLOGIA DUVIDOSA' E SE CHATEIA COM AS CRÍTICAS

Bolsonaro em seus discursos de campanha usava como ferramenta de convencimento ao eleitor acabar com todos os 'rastros petistas' que ficassem na administração federal caso fosse eleito. 

Depois de eleito manteve o mesmo discurso por um bom tempo, até que um dia emudeceu sobre o assunto.

Bolsonaro tem a oportunidade de nomear seu primeiro ministro ao Supremo Tribunal Federal, seus apoiadores na maior expectativa torce para que um nome de 'direita' seja indicado. Era o que recomendava a coerência.

Contrariando a todos, inclusive a ele, nomeia Kassio Marques, desembargador nomeado por Dilma Rousseff para compor o TRF-1 da 1ª região em 12 de Julho de 2011. Ninguém nomeia uma pessoa para uma função tão relevante se não tiver alguma ligação com ela. Acredito!

Parte das críticas ao nome de Kassio Marques se concentra em duas decisões do desembargador do Tribunal Regional Federal (TRF1) da 1ª Região. Uma delas foi o voto contrário à deportação de Cesare Battisti e a outra foi a suspensão de liminar que proibia o STF de comprar lagosta e vinho importado.

Como ele disse que essa indicação era 'crucial' para ele, essa declaração subliminar deixa uma interrogação no ar!

Nenhum comentário: