quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Ô PAÍS PRA TER POLÍTICO VAGABUNDO

Na mira da Lava Jato, Rodrigo Nhonho Maia cria comissão para afrouxar lei da lavagem de dinheiro 

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM), criou uma comissão de juristas para sugerir mudanças na lei de lavagem de dinheiro. De acordo com o jornal O Estadão, a discussão acontece após a Operação Lava Jato enquadrar diversos políticos por esse crime, tendo como base repasses de empresas durante campanhas eleitorais.

Conforme informado pelo jornal, “o objetivo da comissão é delimitar o crime de lavagem, estabelecendo parâmetros para definir se a tipificação penal inclui o caixa 2 das campanhas e abordar novas soluções tecnológicas, além de tratar do pagamento de honorários advocatícios. Na prática, os ajustes podem levar a um ‘afrouxamento’ na atual aplicação da lei”.

Rodrigo Maia é investigado pela Lava Jato pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. O inquérito está para ser apurado pela Procuradoria Geral da República desde setembro do ano passado.

Ao criar a comissão, o parlamentar alegou “a problemática concernente ao crime de lavagem de dinheiro e ao denominado caixa 2 eleitoral, o qual produz decisões judiciais conflitantes e traz insegurança ao processo eleitoral”.

terrabrasilnoticias

Nenhum comentário: