quinta-feira, 17 de setembro de 2020

HIPÓCRITAS: SE O RELOJOEIRO ACONSELHASSE O MENINO A SE DROGAR?

Dono de relojoaria é notificado por apologia do trabalho infantil

O dono de uma relojoaria, em Catalão, interior de Goiás, foi notificado pelo Ministério Público por supostamente fazer apologia do trabalho infantil, segundo informou o portal R7. Em agosto, um vídeo exibido por ele mostrou a história de um menino engraxate, que economizou para comprar um presente de Dia dos Pais.

O caso, compartilhado por Paulo César da Silva, proprietário da loja PC Relojoaria, viralizou nas redes sociais. Na ocasião, ele decidiu que não cobraria o valor do relógio.

As imagens mostram o momento em que o garoto entrou no estabelecimento para comprar o presente. A atitude da criança comoveu um grande número de pessoas, a começar pelo dono da loja.

– Você tá trabalhando e vai comprar um relógio pro seu pai? – questionou o proprietário.

Paulo elogiou o menino e fez questão de compartilhar nas redes sociais o registro da cena.

– Os grandes homens começam desde pequenos, já posso ver, uma linda história. Um cliente, ‘uma criança’, hoje, na Relojoaria do PC, chegou para comprar um relógio para seu pai com o seu suado dinheiro, que segundo ele demorou dias para conseguir. Enfim, eu que fui presenteado com esse lindo gesto, que também já vivi como a maioria das crianças da época – escreveu o dono da loja.

pleno.news

Nenhum comentário: