sexta-feira, 7 de agosto de 2020

MESMO CONTRA O CFM PREFEITO GASTARÁ R$ 50 MIL PARA ENFIAR OZÔNIO NO RETO DO POVO

Contra Covid, prefeito gastará R$ 50 mil em ozônio retal

O prefeito da Itajaí, Volnei Morastoni, continua insistindo na ozonioterapia via retal como forma de tratamento da Covid-19. E a esperança no método nada convencional vai custar caro: Morastoni calcula um investimento de R$ 50 mil no experimento.

Além da ozonioterapia, que acabou virando piada nas redes, a prefeitura da cidade já investiu cerca de R$ 4,5 milhões com a dispensa de licitações para adquirir cânfora e ivermectina.

Nenhum dos tratamentos adotados tem eficácia comprovada.

Em entrevista ao Bom Dia Santa Catarina, o prefeito disse que, inicialmente, 146 pessoas serão submetidas ao tratamento com ozonioterapia.

– Ozônio é baratíssimo. A instalação nós temos, os recursos humanos são as nossas próprias equipes que temos no município. Vamos gastar R$ 40 mil, R$ 50 mil, no máximo, para fazer um estudo desta natureza com uma contribuição sensacional para a saúde pública do Brasil – afirmou Morastoni.

Apesar da animação do prefeito, ele ainda irá precisar do aval da Associação Brasileira de Ozonioterapia para dar início ao experimento.

O QUE DIZ O CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

Em nota, o CFM afirmou que a “ozonioterapia não é válida para tratar casos de covid-19 ou outras doenças” e que só é permitida em “ambiente de estudos científicos”. O conselho disse ainda que profissionais que não cumprirem as determinações poderão ser punidos.

pleno.news

Nenhum comentário: