terça-feira, 14 de julho de 2020

DF: ESTUDANTES BRANCOS E VAGABUNDOS, SÓ QUEREM SER NEGRO NA HORA DE FRAUDAR

Após fraude em cotas raciais, UnB expulsa e cassa diploma de 15 estudantes

UnBA Universidade de Brasília (UnB) desligou, nesta segunda-feira (13/7), 15 estudantes acusados de fraudar o sistema de cotas raciais da instituição de ensino superior.

Ao todo, foram oito estuantes expulsos. Além deles, outros dois egressos tiveram os diplomas cassados e oito, que já estavam afastados da UnB por outros motivos, acabaram com os créditos anulados. A decisão é inédita na história da instituição.

Os estudantes são do curso de ciência da computação, ciências sociais, direito, engenharia de software, letras (francês), medicina e medicina veterinária.

A expulsão ocorre um mês após supostas fraudes cometidas na admissão dos candidatos cotistas virem à tona. Em junho deste ano, o perfil Fraudadores de Cotas UnB passou a compartilhar informações pessoais de candidatos, em sua maioria brancos, que teriam sido aprovados em vagas exclusiva para cotistas negros ou indígenas.

Segundo a comunidade, as fraudes teriam sido registradas no ingresso de estudantes das mais diversas áreas da graduação.

Clique no link abaixo e veja toda matéria:



Nenhum comentário: