quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

CEARÁ-MIRIM: PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL PRESTA ESCLARECIMENTOS

Na primeira sessão ordinária do ano, o presidente da câmara municipal, vereador Ronaldo Venâncio, faz uso da tribuna para prestar alguns esclarecimentos à população        

Visualização da imagemDurante a primeira sessão ordinária da Câmara Municipal de Ceará-Mirim, ocorrida na tarde desta terça-feira 11/02, o presidente da Casa, vereador Ronaldo Venâncio-PV, utilizou o horário do uso da tribuna para levar algumas explicações à população cearamirinense.

O parlamentar iniciou o seu discurso dizendo que ouviu atentamente a leitura da Mensagem Anual do Poder Executivo, na tarde da última quinta-feira 06/02, por ocasião da Sessão Especial de abertura do Ano Legislativo.

Na oportunidade, Ronaldo disse que, do ponto de vista financeiro não teceria nenhum comentário porque quando assumiu a gestão interina apresentou à população dívidas em torno de R$ 25 milhões, pois, não iria fazer politicagem disso, assim como não vai fazer com ninguém.

“É uma realidade, foi comprovado aqui pelo atual prefeito. Então, não vamos aqui se ater a uma questão ou outra querendo formar opinião acerca sobre o que devia ser pago e não devia. Num universo de R$ 25 milhões, considerando que estávamos dentro de uma interinidade, nós fizemos muito mais do que a gente podia fazer. Eu tenho consciência disso”, explicou Ronaldo.

O presidente disse ainda que, quem quer que seja pode dizer o que achar que deve.

“Mas é preciso saber o que está dizendo, porque, um município da dimensão de Ceará-Mirim, tendo que conduzir R$ 25 milhões de passivo, fora outras situações que estão acumuladas ao longo do tempo, é um grande desafio, foi pra mim e será para ele”, disse Ronaldo, acrescentando que, precisava prestar esse esclarecimento pra população entender que é uma situação de extrema gravidade, que é preciso ter muito equilíbrio e muito controle para poder vencer as adversidades do ponto de vista financeiro.

Ronaldo também disse que desconhece ter entregue uma cidade cheia de lixo, pois, entregou a cidade limpa mesmo diante de alguns problemas.

“Fomos nós que demos causa? Não. Pelo contrário. Até porque, dos três meses que passamos na gestão, pagamos quatro meses. Então, do ponto de vista dos problemas que encontramos na limpeza pública, não foi nós que criamos”, disse.

Sobre tais problemas, Ronaldo finalizou dizendo que não precisa tecer nenhum comentário acerca de questões financeiras, porque os fatos por si só se justificam.

“Então, que fique claro, não tenho dificuldade em prestar nenhum esclarecimento, agora, não vou ficar me justificando diante de pessoas que estão sendo pagas, motivadas a falar mal do nosso governo. Não vou me preocupar com isso. Mas aqueles que cometerem excesso, aí sim, vou responsabilizá-los”, finalizou o presidente Ronaldo Venâncio.

Assecom - CMCM

Um comentário:

Unknown disse...

Isso mesmo Ronaldo