quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

CEARÁ-MIRIM: PREFEITO JÚLIO CÉSAR DISSE NO RÁDIO

Resultado de imagem para prefeito julio cesar ceara mirim
Na manhã desta quarta-feira (12) o prefeito de Ceará-Mirim, Júlio César (PSD), concedeu entrevista a rádio 105,9 FM e fez algumas declarações sobre a situação do município que tentaremos sintetizar nesta matéria.

Além de prestar alguns esclarecimentos também respondeu a perguntas dos ouvintes que participaram de forma efetiva.

O prefeito disse que:

..... o 'rombo' nas finanças do município já ultrapassa os R$ 30 milhões.

..... a empresa Realce, contratada pelo ex-prefeito Antônio Peixoto deixou uma dívida para o município que ultrapassa os R$ 20 milhões.

..... dia 20 do corrente mês pagará os salários de todos os servidores do município, efetivos, contratados e cargos comissionados. Passar o carnaval com dinheiro no bolso!

..... vai reconstruir o estádio Robertão.

..... que todos os postos de saúde estão funcionando com médicos e que foi pessoalmente conferir 'in-loco', diferentemente do que dizem por aí.

..... que os serviços básicos estão com dificuldades de serem realizados porque encontrou todos os contratos vencidos e sem licitações abertas, e que as empresas que estão atuando estariam pressionando pelo pagamento dos atrasados para dar continuidade aos serviços.

..... que dívidas acumuladas em gestões passadas com a Cosern a justiça determinou bloqueio de R$ 70 mil / mês das contas do município para quitar esta dívida.

..... que outro montante considerável de dinheiro é retirado das contas do município para pagar precatórios atrasados.

..... que a oposição tem uma equipe preparada para ligar para as rádios e denunciarem mentiras.

..... que a prefeitura não tem um automóvel em condições de circular, todos quebrados e faltando peças, inclusive caixa de marcha e motores. Levaram tudo.

..... que gestões passadas negociavam cargos em troca de apoios e seu mandato não fazer esse tipo de comércio.

..... que estava na administração há 40 dias e que não podia responder em tão pouco tempo por problemas que se avolumam há cerca de dez anos.

Bom, foram muitas declarações, essas foram as que consegui captar!

Nenhum comentário: