quarta-feira, 12 de junho de 2019

CONGRESSO APROVA CRÉDITO DE R$248,9 BI PARA BOLSONARO

Congresso aprova crédito suplementar de R$248,9 bi para governo contornar regra de ouro

Macaque in the treesA Câmara e o Senado aprovaram nesta terça-feira, em sessão conjunta do Congresso Nacional, o projeto que autoriza operações de crédito de 248,9 bilhões de reais em créditos orçamentários fora da regra de ouro.


Prioritário para o governo, o projeto que trata do crédito precisava ser aprovado nesta semana pelo Congresso para evitar prejuízos ao fluxo de pagamentos de gastos da União, incluindo programas como o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O projeto segue à sanção presidencial.

A aprovação por unanimidade nas duas Casas --foram 450 votos a favor na Câmara e 61 no Senado-- traduz sentimento comum a parlamentares de todos os matizes políticos, no sentido de sinalizar para a sociedade que têm responsabilidade e que o Parlamento não é o responsável pela crise no país.

Ao agradecer os parlamentares pela aprovação do projeto, o presidente do Senado e do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou que senadores e deputados demonstraram “maturidade política” e compreensão pelo momento que o país vive.

“Quero agradecer esse gesto que é um gesto significativo do Parlamento Nacional onde os partidos políticos, onde as filiações partidárias ficaram de lado. É o maior crédito da história do Brasil votado no Congresso Nacional, quase 250 bilhões de reais de limite para endividamento do governo federal”, disse Alcolumbre antes de divulgar o resultado da votação no Senado.

“Hoje o Congresso Nacional demonstra sua serenidade, tranquilidade e maturidade”, comemorou o presidente do Senado.

O presidente Jair Bolsonaro comemorou no Twitter a aprovação do projeto e elogiou os parlamentares. "Parabenizo o Congresso pela consciência e responsabilidade nesta aprovação."

JB

Nenhum comentário: