terça-feira, 27 de novembro de 2018

EDUARDO BOLSONARO MIRA NO CRIME ORGANIZADO DE CUBA E VENEZUELA

Eduardo Bolsonaro quer combater “crime organizado” de Cuba e Venezuela

Zeca Ribeiro/Câmara dos DeputadosApós se reunir com assessores do Conselho Nacional de Segurança da Casa Branca, o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) – filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro – afirmou, nesta segunda-feira (26/11), estudar parcerias com os EUA para pesquisar crimes financeiros das “ditaduras venezuelana e cubana”. De acordo com ele, há instrumentos de investigação contra o crime organizado dentro da chamada Convenção de Palermo que o Brasil poderia usar contra Caracas e Havana. São informações do jornal O Globo.

Caminhando diante da Casa Branca, Eduardo Bolsonaro afirmou que está estudando parcerias com o governo americano com esse propósito. No Brasil, segundo ele, a ação poderá ser coordenada pelo Itamaraty e o Ministério da Justiça, que será comandado por Sérgio Moro.

Nenhum comentário: