quinta-feira, 27 de agosto de 2020

O QUESTIONAMENTO DEVERIA SER DIRECIONADO A QUEM CONDUZ O INQUÉRITO - POR ALEXANDRE GARCIA

Por que insistem em perguntar sobre depósitos na conta de Michelle

A primeira-dama Michelle Bolsonaro: depósitos de R$ 89 mil em sua conta.
O presidente Jair Bolsonaro voltou a se queixar dos jornalistas nesta quarta-feira (26). Em Ipatinga (MG), ao ser perguntado sobre os depósitos que somam R$ 89 mil na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro, ele se irritou e mais uma vez deu uma resposta atravessada aos repórteres.

Em um mundo de bilhões desviados por corrupção é estranha a insistência nessa pergunta. O questionamento deveria ser direcionado a quem está conduzindo o inquérito de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Bolsonaro sabe que desrespeitar jornalista dá Ibope e só faz aumentar o aplauso de seus apoiadores. Tanto que foi recebido na cidade mineira com gritos de “mito, mito, mito”, “minha bandeira jamais será 'vermelha' e eu vim aqui de graça".

Logo no início do pronunciamento, o presidente disse que se a imprensa está elogiando, algo está errado. Essa briga com jornalistas vai continuar e enquanto isso ele ganha mais apoio dos seus seguidores.

Isso tudo aconteceu durante o acionamento do Alto-Forno 1, na Usiminas, que foi reaquecido. Esse forno havia sido desligado no dia 22 de abril por falta de demanda de aço.

A reabertura simboliza o reaquecimento da indústria, porque o aço está presente nos automóveis, na geladeira e em diversos outros produtos do cotidiano. O alto-forno produz ferro gusa, que passa por diversos processos até chegar à indústria de transformação.

Nenhum comentário: