terça-feira, 28 de julho de 2020

NATAL: VEREADORES 'BRIGAM' POR UM 'BANDIDO' E UM 'FULEIRO'

Vereadores Fernando Lucena e Cícero Martins batem boca por causa de Bolsonaro e Lula: “‘Bandido’, ‘fuleiro’”

Os vereadores Cícero Martins (Progressistas) e Fernando Lucena (PT) trocaram xingamentos durante a sessão desta terça-feira (28) da Câmara Municipal de Natal.

Apoiadores, respectivamente, do presidente Jair Bolsonaro e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os dois discutiram por causa de um desentendimento quanto à gestão do governo atual no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

A discussão começou quando Lucena, durante um discurso, enumerou o que ele classificou como “mentiras” do governo Bolsonaro. “Mentira é a marca registrada do governo Bolsonaro. A facada é mentira, o corona é mentira… ele pegou lá atrás, quando foi bajular o anu-branco americano (referência ao presidente americano, Donald Trump). Ele foi beijar a bandeira americana. Isso é ser patriota? É um presidente fuleiro, isso que Bolsonaro é”, afirmou Lucena.

Interrompendo o colega, Cícero Martins pediu respeito ao presidente da República. “Respeite o presidente. Fuleiro é o seu (presidente), aquele bandido, aquele marginal”, afirmou o vereador do Progressistas. “Fuleiro é ele e seus seguidores. Aquele genocida. Bolsonarista não tem moral para falar de ninguém neste País”, respondeu Lucena.

Por causa do bate-boca, o microfone dos dois foi cortado pela presidente em exercício da Casa, a vereadora Nina Souza (PDT), que depois restabeleceu a palavra para Lucena.

AGORARN

Nenhum comentário: