terça-feira, 19 de maio de 2020

FLÁVIO BOLSONARO PAGOU COM DINHEIRO DO FUNDO PARTIDÁRIO À ADVOGADO INVESTIGADO

Flávio Bolsonaro usou R$ 500 mil do fundo partidário para pagar advogado investigado no caso Queiroz

Flávio Bolsonaro usou R$ 500 mil do fundo partidário para pagar advogado investigado no caso QueirozO PSL nacional contratou em fevereiro de 2019 o escritório de advocacia de um ex-assessor de Flávio Bolsonaro que teve o nome citado no suposto vazamento de informações da Polícia Federal sobre o caso Fabrício Queiroz.

Segundo a Folha, o contrato foi firmado a pedido de Flávio. Ele teve duração de 13 meses e meio, com custo de R$ 500 mil dos cofres públicos, financiado pelo fundo partidário.

O escritório contratado é o Granado Advogados Associados, do qual Victor Granado Alves é sócio. O advogado foi citado por Paulo Marinho como um dos ex-assessores de Flávio Bolsonaro que foram informados por delegados da Polícia Federal do Rio sobre a operação Furna da Onça, da qual Queiroz era um dos alvos.

O Antagonista

Nenhum comentário: