segunda-feira, 24 de junho de 2019

ALEGANDO VIAGEM MORO NÃO VAI A AUDIÊNCIA NA CÂMARA

Moro desiste de ir à audiência na Câmara para falar sobre mensagens publicadas por site

O ex-juiz e Ministro da Justiça Sergio Moro na CCJ do Senado Foto: Adriano Machado / ReutersApós passar 9 horas no Senado na última semana para dar explicações sobre mensagens atribuídas a ele e a procuradores da Operação Lava-Jato pelo site The Intercept Brasil, o ministro da Justiça, Sergio Moro, cancelou sua ida à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara marcada para quarta-feira, dia 26.

Por meio de sua assessoria, o ministro limitou-se a comunicar para a CCJ que não poderia comparecer, sem propor uma nova data para a audiência. Moro está em viagem nos Estados Unidos visitando órgãos de segurança e de inteligência. O ministro marcou as audiências no Senado e na Câmara assim que o caso veio à tona com o objetivo de enfraquecer as iniciativas da oposição de propor uma CPI com base nas conversas divulgadas.

VIAGEM MARCADA

A deputada Bia Kicis (PSL-DF), vice-presidente da comissão, minimizou o episódio, dizendo que Moro irá em outra data.

— Não vai esta semana, porque vai viajar. Então vamos remarcar para outra semana. Só isso. Ele irá sim, estará na CCJ. Deve ser na próxima semana (a ida à CCJ) — disse Kicis.

Havia a expectativa de um clima mais hostil em relação ao ministro na Câmara. Deputados do PT afirmam que Moro deixou várias perguntas sem resposta no Senado e prometiam uma atitude mais incisiva.

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) afirma que Moro de fugiu do embate e disse que vai apresentar um requerimento de convocação. A ideia é protocolar na segunda-feira, em conjunto com outros integrantes da oposição, e levá-lo à votação na próxima sessão da CCJ, na terça-feira.

Nenhum comentário: