quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

NATAL: PROTESTO NO WALFREDO GURGEL

Protesto no Walfredo deve seguir nesta sexta; Greve pode se concretizar

Em protesto aos atrasos nos pagamentos, os servidores do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel reduziram as atividades do hospital, no chamado “Apagão”, na manhã desta quinta-feira (11). Os manifestantes fecharam a entrada do Pronto Socorro Clóvis Sarinho, na Avenida Hermes da Fonseca, zona sul de Natal, apenas permitindo a passagem de pacientes para a urgência e emergência.

O movimento deve seguir até a sexta-feira (11), quando os atendimentos devem voltar à normalidade.

Henrique Eduardo Silva, auxiliar de enfermagem no Walfredo Gurgel, aponta que a questão financeira não é a única causa dos protestos. “Não é só a questão dos atrasos, mas, também, da qualidade no atendimento ao paciente. Temos problema de falta de insumos e medicamentos”, afirma.

“As condições de trabalho também são uma questão. Nós trabalhamos com 11 a 12 pacientes por profissional. Quando entrei aqui, era na média de quatro a cinco pacientes”, ele explica.

Possível greve

Ainda na tarde desta quinta-feira (11), os servidores do Walfredo Gurgel irão realizar uma assembleia para decidir o posicionamento da categoria quanto à proposta de pagamento feita pela governadora Fátima Bezerra (PT).

A assembleia também irá decidir se a categoria entrará em greve a partir da terça-feira (15).

Portal No Ar

Nenhum comentário: