segunda-feira, 19 de novembro de 2018

CEARÁ-MIRIM: TROCA DO BB PELO BRADESCO FEITA PELA PREFEITURA

Encontrei um funcionário do alto escalão do Banco do Brasil, agência de Ceará-Mirim, e aproveitando o ensejo fiz algumas perguntas relacionadas a retirada das contas da Prefeitura Municipal de Ceará-Mirim da referida agência e as transferindo para a agência do Bradesco, também em Ceará-Mirim, fato anunciado por este Blog neste final de semana conforme informações obtidas do prefeito Marconi Barreto.

Portabilidade
- Perguntei para o funcionário do BB se os servidores municipais eram obrigados a aceitarem a nova determinação do município.

Resposta do funcionário: "não, o servidor não é obrigado a aceitar, ele pode optar por receber seu salário na agência do banco que ele achar mais cômodo para ele".

- Como proceder para permanecer no Banco do Brasil

Resposta do funcionário: "no momento em que o novo Banco chamar o servidor para assinar os documentos relacionados a sua nova conta, o servidor apresenta seu cartão do Banco do Brasil e diz que quer continuar recebendo seu salário onde já recebe costumeiramente, se o funcionário do novo Banco se recusar a atender o servidor é só ligar para a ouvidoria do Banco ou Banco Central e fazer a reclamação". 
Ele ainda adiantou que um número considerável de servidores já tinham ligado ou procurado a agência com intenções de permanecer no BB.

Perdas de serviços
- Perguntei para o funcionário do BB quais os riscos Ceará-Mirim correria nessa troca de Bancos feita pela prefeitura;

Resposta do funcionário: "a linha de crédito para a agricultura que é, segundo ele, a maior de Ceará-Mirim poderá desaparecer, e também a redução do espaço físico do Banco com diminuição de funcionários para atendimento. Outros serviços que podem diminuírem também foram apontados pelo funcionário.

Como percebe-se uma transferência dessas pode acarretar prejuízos para muita gente!

Nenhum comentário: