segunda-feira, 9 de outubro de 2017

PONTO DE VISTA: AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE SEGURANÇA


Nesta terça-feira (09) na câmara municipal de Ceará-Mirim acontecerá uma audiência pública para debater a situação da segurança pública em nossa cidade. Entendo que audiências públicas são pertinentes, mas infelizmente não vejo retorno e nem a solução do vários problemas apresentados e discutidos nelas. Pelo menos em nossa cidade.
Já participei de audiência pública sobre segurança aqui em Ceará-Mirim onde os assuntos debatidos foram os mais diversos, muita coisa foi prometida e até a data de hoje não vi nenhuma mudança para que houvesse melhoras, as únicas mudanças que vi foram as trocas no comando da PM (Polícia Militar), DPC (Delegado da Polícia Civil) e comando da GM (Guarda Municipal), que na prática não mudou nada diante da omissão dos poderes que absorvem a segurança pública.
Alguns clamam por mais polícia nas ruas e uma melhor estrutura, outros clamam por salários mais justos e mais liberdade para os policiais trabalharem. Não vejo a mínima possibilidade de melhoras, mesmo as autoridades atendendo a esses pleitos, com um código penal caduco, ultrapassado e que só beneficia a bandidagem, como o nosso em vigor. É esse, exatamente esse o grande problema da nossa (in) segurança pública, esse código inútil e sem credibilidade. 
Se os "bandidos" engravatados que compõem o nosso legislativo não fossem tão complacentes com o crime já teriam feito uma revolução nesse código "fajuto penal brasileiro". Criar leis rígidas e pô-las em prática para mostrar ao crime quem manda no país. Acabar com redução de penas, condenado há trinta anos tem que pagar os trinta anos. Acabar com indultos. Serve para que os indultos? sair cem presos da cadeia e voltar sessenta? fato provado e comprovado. Audiência de custódia? para que servem se não para beneficiar criminosos? como podemos observar, o tempo passa, e só eles, os bandidos são beneficiados pelas autoridades desse "condenado" país.

Nenhum comentário: