quarta-feira, 18 de novembro de 2020

PERGUNTAR NÃO É TRIBUTÁVEL

 

A hipocrisia do Tribunal Superior Eleitoral chega a ser hilária.

O TSE estipulou um teto de gastos para os postulantes a cargos eletivos 'torrarem' em suas campanhas eleitorais, sabendo a corte que jamais esse teto será respeitado.

Em Ceará-Mirim o teto para um candidato a vereador gastar durante a campanha foi estipulado em R$ 20.879,86.

Comenta-se que teve candidatos que gastaram dez vezes mais que isso e ficaram fora da câmara.

Pergunto:

Todos os candidatos que disputaram uma cadeira na câmara municipal de Ceará-Mirim, respeitaram esse teto?

Nenhum comentário: