sexta-feira, 11 de outubro de 2019

CUIDADO COM O GOLPE DE ATUALIZAÇÃO DE CADASTRO EM BANCOS

Golpistas estão usando SMS para roubar dados bancários

Se você usa redes sociais, provavelmente já se deparou com o screenshot a seguir. Um golpista tenta obter os dados de um usuário do WhatsApp, se passando por um funcionário de bancos.

De acordo com dados da Serasa, publicados no final do ano passado, um brasileiro é vítima de golpe financeiro a cada 17 segundos. Em sua maioria, estamos falando aqui de cartões ou cheques clonados, mas também fazem parte da lista as transferências fraudulentas de fundos entre contas e compras online. As mensagens falsas, como as que mostramos aqui, são um dos principais métodos usados pelos criminosos para obter tais informações.

É um dos truques mais velhos do mundo e uma evolução das antigas mensagens que ainda tomam conta de nossas caixas de spam. Na tentativa de pegar indivíduos mais ingênuos ou com pouca intimidade com a tecnologia, hackers falsificavam e-mails de bancos, lojas ou instituições de cobrança, com direito à cópia do design de mensagens oficiais e domínios de e-mail semelhantes aos usados pelas empresas em si.

Trata-se de um golpe comum, mas que dá certo trabalho e exige conhecimento. Quando se fala das mensagens mais simples, enviadas pelo celular, entretanto, muitas das artimanhas usadas para fazer com que um e-mail pareça verídico não são necessárias, bastando apenas um bom português e um link – ou às vezes nem isso – para que o golpe aconteça.

Nenhum comentário: