quarta-feira, 13 de março de 2019

A FRAUDE NO SENADO CONTINUA SEM CONCLUSÃO E/OU PUNIÇÃO

40 dias da fraude no Senado: e aí, Alcolumbre?

Na próxima quinta-feira, a fraude na eleição para a presidência do Senado completará 40 dias sem qualquer conclusão e/ou punição.

Também serão 40 dias que Luiz Fernando Bandeira de Mello, depois de ser exonerado por Davi Alcolumbre, reassumiu o cargo de secretário-geral da Mesa Diretora.

A Crusoé revelou quem é o principal suspeito da fraude (veja aqui) e já mostrou que Bandeira, homem de Renan Calheiros, é alvo de auditorias internas que apuram irregularidades em sua conduta, incluindo a utilização de um apartamento funcional sem autorização (veja aqui).

E aí, Alcolumbre?

Nenhum comentário: