quarta-feira, 8 de agosto de 2018

NATAL: DESPACHO IRÔNICO DE DELEGADO É MOTIVO DE RISO

Delegado ironiza Prefeitura e Guarda Municipal por levar à delegacia homem flagrado usando rua como banheiro

Flagrado pela Guarda Municipal usando uma via pública como banheiro, um morador de rua foi levado à 2ª Delegacia de Plantão, na zona Norte de Natal, para ser autuado. No entanto, o delegado Aldo Lopes de Araújo, além de não registrar o boletim de ocorrência, redigiu e assinou, no último dia 5, um despacho que está dividindo opiniões nas redes sociais.

O delegado de Polícia Civil não só liberou o morador de rua, mas também criticou a ação dos agentes de segurança e classificou o caso, conforme registrado no despacho, como “ocorrência de uma cagalança geral: do prefeito ao secretário, passando pelo diretor do órgão, pelo vigilante de faz-de-conta, pelos membros da Guarda Municipal que conduziram um homem inocente até esta Delegacia”. “Ele não tem casa nem privada”, diz o delegado, que não poupou regionalismos e expressões pitorescas para ridicularizar os guardas municipais por se ocuparem de levar o morador de rua à delegacia.

“Foi trazido a esta delegacia pelo simples fato de ter cagado nos intramuros da repartição pública (não identificada no despacho) mal cuidada e mal vigiada, quando a cagada maior é dos administradores, a partir do momento em que não cuidam direito da segurança do prédio, um espaço destinado a prestar serviço público”, criticou.


Nenhum comentário: