sábado, 7 de julho de 2018

PESQUISA: SEXO NO LOCAL DE TRABALHO

Sexo no local de trabalho é mais comum do que se imagina, diz pesquisa

Getty ImagesSe você acha que o local de trabalho é voltado exclusivamente para negócios e fazer dinheiro, pense de novo. Segundo levantamento da Glass Door, portal de empregos norte-americano, uma em cada 10 pessoas confessou já ter feito sexo no local onde trabalha. A pesquisa foi respondida anonimamente por mais de mil usuários da plataforma.

Dentre os entrevistados, 51% afirmou não haver problemas em se envolver com um colega de trabalho e 37% relevou já ter tido algum tipo de relação dentro do ambiente profissional.

Focando especificamente em sexo, 12% confessaram já ter se envolvido intimamente no local onde trabalham e 22% apontaram que não tiveram relações no trabalho, mas já pensaram sobre o assunto. Ainda 41% acredita que colegas já tenham feito sexo na firma e 18% admitiram sentir atração por alguém com quem trabalham.

Um outro estudo aponta que uma vida sexual ativa (não necessariamente com um colega) contribui para um melhor desempenho no local de trabalho, de acordo com pesquisa da Universidade do Estado do Oregon. Os pesquisadores acompanharam 159 empregados casados e aqueles que faziam sexo com mais frequência tinham mais conquistas profissionais.
Isso ocorre porque o sexo libera dopamina e endorfina, hormônios da “recompensa” e do prazer. Ele é responsável pela sensação de felicidade e relaxamento, o que consequentemente aumenta a concentração e a produtividade.

Contudo, na pesquisa da Glass Door, 54% dos entrevistados aponta que a maioria dos romances de escritório termina com algum clima esquisito e 41% afirma não saber se a empresa possui alguma política contra relacionamentos entre colegas de trabalho. Se você se sente atraído por alguma pessoa da sua rotina profissional, aqui vão algumas dicas:

*Não se sinta culpado por se apaixonar no trabalho
Os empregadores tendem a contratar pessoas que compartilham os mesmos valores, princípios e habilidades. Além disso, as pessoas costumam passar de 8 a 12 horas por dia juntos, então não é nenhuma surpresa algum envolvimento acontecer.

*Não divulgue o relacionamento até ter certeza que vai durar
Nem todas as empresas gostam de relações entre os empregados, então é de interesse de cada pessoa se preservar e estar seguro de que a relação tem futuro e vale a pena investir antes de ter uma conversa com o chefão.

*Não comente a relação no trabalho
Você pode contar algumas coisas para as pessoas mais próximas, mas evite fazer isso no ambiente de trabalho. É importante separar a vida pessoal e profissional. Lembre-se: “onde se ganha o pão, não se come a carne.”

Pouca Vergonha

Nenhum comentário: