quinta-feira, 12 de julho de 2018

JUSTIÇA DO DF ABSOLVE LULA E OUTROS SEIS RÉUS


Justiça Federal no DF absolve Lula de obstrução de Justiça

Daniel Ferreira/MetrópolesO juiz substituto da 10ª Vara Federal de Brasília, Ricardo Leite, absolveu o ex-presidente Lula e outros seis réus — entre eles o pecuarista José Carlos Bumlai e o ex-senador Delcídio do Amaral — do crime de obstrução de Justiça. Segundo a acusação, o grupo teria tentado atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato e comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Para o magistrado, no entanto, os argumentos não foram suficientes para sustentar uma condenação.

Além de Lula, Bumlai e Delcídio também foram absolvidos o ex-executivo do banco BTG Pactual André Esteves; o ex-advogado de Cerveró, Edson Ribeiro Filho; o ex-assessor de Delcídio Diogo Ferreira; e o filho do pecuarista, Maurício Bumlai.

Em alegações finais apresentadas em setembro do ano passado, o próprio Ministério Público Federal (MPF) já havia pedido a absolvição de Lula e do banqueiro Andrés Esteves. Requeria, no entanto, a condenação dos outros quatro réus por obstrução de Justiça.

A denúncia foi aceita pela 10ª Vara Federal de Brasília em julho de 2016. De acordo com o MPF, Delcídio fez pagamentos à família de Nestor Cerveró para que seu nome não fosse incluído na delação premiada do ex-diretor da Petrobras. Parte do dinheiro teria vindo do pecuarista José Carlos Bumlai e a entrega, sido operacionalizada pelo advogado de Cerveró.

O nome de Lula e do banqueiro André Esteves foram citados na investigação porque Delcídio do Amaral disse ter procurando o ex-presidente e informado da situação envolvendo o ex-diretor da estatal. O petista então teria indicado Bumlai ao ex-senador. Já Esteves, segundo a acusação, teria sido procurado para financiar os pagamentos a Cerveró, mas negou o pedido. Portanto, para o MPF, não haviam evidências suficientes para a condenação dos dois.

Metrópole

Nenhum comentário: