segunda-feira, 2 de abril de 2018

PGR PEDE AO STF PERDA DO MANDATO DE GLEISI HOFFMANN

Raquel Dodge pede ao STF que Gleisi Hoffmann perca mandato de senadora, que seja condenada por corrupção e devolva R$ 4 milhões aos cofres públicos
 
A procuradora-geral da República Raquel Dodge acaba de solicitar ao Supremo Tribunal Federal que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR),  perca seu mandato e seja condenada por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Lava Jato.
Além do pedido de afastamento do cargo e da condenação, Raquel Dodge também pede que a presidente nacional do PT devolva R$ 4 milhões aos cofres públicos, em valores referentes a esquemas de desvios na Petrobras.
A procuradora-geral da República também pediu a condenação do marido de Gleisi Hoffmann, o ex-ministro Paulo Bernardo (PT-PR). Em seu pedido ao STF, Raquel Dodge recomendou ainda que a pena de Gleisi deve ser maior do que a média, por ela ser política. Segundo a procuradora-geral, “não se nega que os denunciados têm, atualmente, projeção política”, usaram seus cargos e “ludibriaram os cidadãos brasileiros e, sobretudo, os seus eleitores, que os escolheram para o exercício dos mandatos”.
“Não há dúvidas de que o delito perpetrado pelos imputados causou abalo moral à coletividade,
interesse este que não pode ficar sem reparação.”
As penas sugeridas para os dois podem chegar a 12 anos de prisão.
A nova PGR está fazendo boa parte do serviço que seu antecessor Rodrigo Janot negligenciou ao longo dos últimos quatro anos à frente do órgão. 

Imprensa Viva

Nenhum comentário: