quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

PT SE ARTICULA NO RN

Mesmo com condenação de Lula, PT do RN vai intensificar articulações de chapa
 
Mesmo com a maioria das atenções voltadas para os desdobramentos da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os impactos da decisão da Justiça sobre a eleição presidencial, o PT do Rio Grande do Norte vai intensificar no próximo mês as discussões internas e interpartidárias para definir que candidaturas o partido irá apresentar ou apoiar no pleito local.
Ao que tudo indica, o maior investimento da legenda será na candidatura de Fátima Bezerra ao Governo do Estado. O nome da senadora para a disputa é consenso dentro do PT, e a análise feita internamente é de que, a despeito da condenação de Lula, o cenário político lhe favorece.
A indefinição está nas candidaturas proporcionais (deputados estaduais e federais) e nos dois nomes para o Senado. Apesar disso, com base nas conversas recentes, é possível afirmar que a chapa está praticamente formada.
Para deputado federal, dois nomes têm se colocado como pré-candidatos: o deputado estadual Fernando Mineiro e a vereadora da capital Natália Bonavides. Os dois têm realizado encontros de suas bases e reiterado a pretensão de disputar um mandato de federal. O vereador Fernando Lucena também tem declarado interesse de disputar. Desde 2014, quando Fátima Bezerra foi eleita senadora, o PT do RN não tem representação na Câmara.
Para a eleição do Senado, a deputada federal Zenaide Maia (PR) é a primeira opção dos petistas. Prestes a anunciar migração para o PMB, legenda recém-criada que tem boa afinidade com o PT, Zenaide se aproximou de Fátima durante o processo que resultou no impeachment da então presidente Dilma Rousseff. A deputada do PR foi a única parlamentar potiguar a votar contra o procedimento na Câmara.
A segunda opção do PT ainda é uma incógnita. Apesar disso, como o partido tem se aproximado do PR, existe a possibilidade de o empresário Tião Couto (sem partido, mas prestes a se filiar ao PR) compor a chapa como o segundo candidato ao Senado, já que haverá duas vagas em disputa.

VICE DE FÁTIMA
A intensificação das conversas também deve definir nos próximos meses quem será o candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Fátima Bezerra. Atualmente, três nomes têm despontado: o ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante Jaime Calado (PMB), o ex-deputado federal João Maia (PR) e o empresário Haroldo Azevedo (sem partido).
Desses, o nome que enfrenta maior resistência, segundo apurou o Agora RN, é João Maia. Candidato a vice-governador em 2014 na chapa de Henrique Alves (preso preventivamente na Lava Jato desde o ano passado), o líder do PR é identificado com o PMDB, o que causa repulsa em uma ala significativa do PT.
O empresário Haroldo Azevedo, por sua vez, é visto como uma possibilidade de o PT reeditar no estado o que aconteceu a nível nacional em 2002, quando o partido se aproximou do setor produtivo ao indicar José de Alencar para ser vice de Lula. A estratégia deu certo e o petista venceu aquela eleição.
Já a escolha por Jaime Calado seria uma forma de selar uma aliança mais identificada com a Esquerda, já que o ex-prefeito de São Gonçalo tem forte identificação com o campo progressista.

Agora RN

Nenhum comentário: