quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

PORTO ALEGRE: HORA DA "BOIA"

Hora da boia: após dia de protestos, militantes fazem fila para jantar 

MICHAEL MELO/METRÓPOLES
Após um dia cheio de protestos e atos políticos, parte dos manifestantes acampados na capital gaúcha para acompanhar a sessão da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), nesta quarta-feira (24/1), escolheu o acampamento do Movimento Sem Terra (MST) para jantar.
O prato feito custa R$ 10 e inclui arroz, feijão, macarrão, linguiça calabresa e frango. A fila formada em frente à cozinha comunitária foi grande. No acampamento, também não faltam barracas de ambulantes vendendo lanches.

Nenhum comentário: