segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

CHINESES NEGOCIAM COMPRA DA C&A

Donos negociam venda de C&A para chineses, diz revista
 
BERLIM - A Cofra Holding, que controla da rede varejista C&A, afrmou em comunicado que avalia parcerias e outros tipos de investimentos, com foco em mercados em expansão, como na China e em outros países emergentes, além do comércio eletrônico.
A nota foi enviada após a revista alemã "Der Spiegel" informar que a holding planeja a venda da C&A para um investidor chinês. O negócio, segundo a publicação, está perto de ser concluído.
"Estamos comprometidos com um negócio bem-sucedido e promissor da C&A e, como tal, embarcamos em um programa de transformação e crescimento", escreveu a empresa, acrescentando: "Cada C&A vem explorando oportunidades para uma expansão. A transformação em curso inclui uma busca de formas para acelerar em áreas prioritárias de alto crescimento".
A C&A opera centenas de lojas na Europa, na América Latina e na Ásia. Foi fundada em 1841 na Holanda, pelos irmãos Clemens e August Brenninkmeijer, que deram suas iniciais para o nome da rede. A família Brenninkmeijer family ainda é proprietária da C&A, através de uma holdinga com sede na Suíça, a Cofra Holding, que não respondeu sobre o assunto quando questionada.

O Globo

Nenhum comentário: