quinta-feira, 13 de julho de 2017

LIGEIRINHAS



ABRAÇO: Um abraço para o meu amigo André Cirilo. Gente do bem!

MERENDA: Falta merenda em algumas escolas da rede municipal em Ceará-Mirim. Tem escola que além da merenda ainda falta professores para complementar o quadro de docentes da escola.

CRATERAS: Ceará-Mirim está se transformando numa cidade lunática com tantas crateras em suas ruas. Parece um paradoxo, mas quanto mais chove mais ela fica feia!

AGRICULTURA: Recebi um "zap" do meu amigo Flávio, secretário municipal de agricultura de Ceará-Mirim, informando que tem novidades relacionadas a ações da sua pasta, como por exemplo corte de terra, abatedouro público, PNAE e aquisição de máquinas.

DEPUTAÇÃO: Ceará-Mirim poderá ter Júlio César e Antônio Peixoto mais uma vez disputando os votos dos cearamirinenses, desta feita para a assembleia legislativa. Peixoto já deixou claro em algumas entrevistas que só Deus empata dele disputar uma cadeira na assembleia, e Júlio está sendo motivado pelo governador Robson Faria a entrar na "briga".

CONDENAÇÃO: Em uma demonstração de pessimismo, diante da possibilidade de êxito nos recursos contra a condenação do ex-presidente Lula, sentenciado a quase dez anos de prisão por corrupção passiva, a defesa do petista informou que vai levar recorrer da sentença de Sergio Moro até na Organização das Nações Unidas, como se a ONU fosse instância de recurso poara decisões da Justiça de um país democrático.

RELIGIÃO: A assembleia legislativa do RN fez audiência pública para discutir a volta do ensino religioso nas escolas públicas do estado. Acho imprescindível na formação espiritual dos jovens, mas como unir dentro de uma sala de aula vários segmentos de religiões diferentes?

DEDOS: Deputado federal Jean Wyllys (PSOL) divulgou vídeo nessa quarta-feira(12) insinuando que o juiz Sérgio Moro condenou o ex-presidente Lula a nove anos e meio de prisão por causa dos nove dedos do petista. O parlamentar não poupou críticas a “República de Curitiba”, e ao magistrado.

APOIO: Frente Brasil Popular com Militantes em defesa da democracia e de uma nova política econômica. realizam a partir das 13h desta quinta-feira(13), na Praça dos Três Poderes, no Centro de Natal, um ato intitulado Lula Inocente, contra a condenação de 9 anos e meio de prisão ao ex-presidente, no caso do Triplex do Guarujá, por corrupção passiva e Lavagem de dinheiro.

DURO: A condenação a nove anos e meio de detenção pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro não significa para Luiz Inácio Lula da Silva que o pior já passou. Agora, o ex-presidente tem pela frente um juiz ainda mais linha-dura do que o magistrado que o condenou em primeira instância: o desembargador federal João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato na 8.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4). Tradicionalmente, as penas são aumentadas na segunda instância.

Nenhum comentário: